Quarta-feira, 3 de Novembro de 2004

Quem souber que me explique...

O que é que se está a passar neste País?


 


Dizem que estamos em crise...


Dizem que é necessário gerir melhor os recursos...


Dizem que há que servir com excelência de qualidade, conforto, rapidez, economia, etc., etc...


Há dias recebi um mail a contar sobre os novos projectos da carris (transportadora responsável pelos autocarros da capital) em vigiar os corredores de "BUS" com os simpáticos SMART S for two.


Acreditem que só esta ideia já me parecia anedota.


Então a carris - empresa não está a reorganizar os seus serviços visando melhorar a oferta versus qualidade para com os seus utentes??


Acreditem que não compreendo de todo qual é a filosofia desta enquanto empresa.


 Li algures, penso que num qualquer anúncio publicitário, que a carris quer reconquistar o público que foge para outros meios de transporte como por exemplo o metro... outra anedota!

Até anda a mudar a imagem, a comprar novos autocarros e carrinhos...

Então como é que a Administração da empresa explica a diminuição drástica da sua frota e percursos servidos???

Como explica facto de deixar de prestar serviços de vital importância para a cidade, Capital deste pequeno País, com a abolição de carreiras como o 101 o 7, e tantas outras que não vale a pena aqui referir porque são do domínio público, e que constituíam, por si só, um serviço público muito válido para uma população alvo muitíssimo interessante e importante para usar esse meio de transporte.

É lógico que procurem outros meios de transporte que os sirvam melhor...

Na altura não tinha ainda visado qual objectivo que a empresa carris pretendia atingir... depois de ler o mail, de que vos falei no inicio, fiquei bem mais atenta. É que nessa missiva fazia referência a quem ocupa o lugar nos assentos desses castiços e simpáticos veículos de dois lugares: Um polícia e um motorista. O Polícia para passar a multa de 120 euros e motorista (de pesados) para servir de 'chauffeur' particular...  Consultado o site da carris lá estava a foto de circunstância do novo trunfo da empresa


carris.bmp


 


com a promessa de que esta é a melhor solução para atingir os seus objectivos de diminuição das despesas e melhoria dos serviços. ( Será???)



Cogitando sobre o assunto logo surgiram algumas dúvidas sobre a qualidade do serviço;

a quem serve?

sobre a legalidade?

sobre se realmente assim a gestão da carris enquanto empresa é interessante ou não?

Será que gera economia de custos?

Então vão baixar os preços dos passes??

Quem ganha com isto?

E os BUS?? São afinal de quem??

São propriedade privada da carris?

Deixaram de ser corredores para transportes públicos como táxis, ambulâncias carros de polícia, bombeiros e outros transportes colectivos de passageiros??


Será que todas as outras empresas vão, igualmente, colocar em circulação meios próprios de vigilância para ver se os corredores estão desimpedidos?

Será uma boa gestão financeira manter um motorista para cada polícia ao invés de conduzir diversos passageiros?

Porque não colocar polícias em lugares estratégicos, para esse fim de vigilância, em vez de entupir essas vias, que se pretendem prioritárias, com mais veículos em circulação??

Quem lucrou com a compra o aluguer das novas viaturas?

E a legalidade? Será legal??

Sejam sinceros meus senhores e falem de custos em prol da tão falada transparência financeira... A olho nu parece que vai aumentar substancialmente os encargos e diminuir os rendimentos...

Quem souber... Agradeço que responda.


__________________________


PS: Parece que a empresa espera que todos, os utentes da cidade de Lisboa, passem pelo "BUS" muitas vezes e assim conseguir o tão desejado desafogo financeiro. Feitas as contas desta forma... é compesador o serviço.


publicado por marce às 04:23
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Anónimo a 20 de Novembro de 2004 às 08:52
Não a resposta à tua pergunta, masmesmo assim vou apresentar uma sugestão... já agora, a Carris podia oferecer um carrito desses (com motorista incluido) a cada um dos utentes dos seus transportes. Acabava-se o problema da vigilância e entupia-se a cidade (que sem o túnel do Marquês - será que ele, o marquês, sabe que tem um túnel?), ma sque se lixe. Agora a sério, só tenho uma palavra: Lamentável. Bom fim de semana, BjsErmelinda
</a>
(mailto:index-poesis@sapo.pt)
De Anónimo a 3 de Novembro de 2004 às 23:07
Olá. Vá-se lá entender. Andam por aí uns iluminados que à falta de capacidade para gerir bem a coisa pública vão-se deleitando com umas idiotices. Por isso são idiotas e ponto final. Pagamos todos e principalmente os utentes que se viram privados dos serviços. Lamentável.lfacoca
(http://golpedevista.blogs.sapo.pt)
(mailto:lfilipesilva@tvtel.pt)

Comentar post